Embraer testa proteção contra raios no E190-E2

Publicada em 09/11/2016

Fonte: http://airway.uol.com.br/ – por THIAGO VINHOLES

O teste de proteção contra raio é obrigatório para a certificação da aeronave (Embraer).

O teste de proteção contra raio é obrigatório para a certificação da aeronave (Embraer).

O E190-E2, nova geração do jato regional da Embraer, está na reta final de desenvolvimento. Um dos últimos testes, iniciado nesta semana, é o do sistema de proteção contra relâmpagos. A aeronave envolvida no teste é o quarto protótipo do programa.

O ensaio é realizado com a ajuda de um equipamento especial, com uma série de anéis que envolvem a aeronave, disparando descargas elétricas em diversos pontos da fuselagem e outros componentes. Segundo a Embraer, nessa primeira fase o objetivo do teste é medir a corrente elétrica que passa através de elementos críticos do avião e avaliar sua resistência contra “descargas atmosféricas”. O passo seguinte é validar os dados coletados.

Antes de entrar em operação, toda aeronave comercial precisa passar por testes de resistência contra raios e provar que pode resistir aos seus efeitos. A aprovação de órgãos aeronáuticos nesse quesito é obrigatória para a certificação de novo um avião.

As primeiras entregas do E190-E2 estão programadas para começar em 2018. Esse será o primeiro modelo da nova série E-Jets 2, que ainda inclui as versões E175-E2 e o E195-E2.

Veja mais: Motor do Embraer E190-E2 é testado em avião da Boeing